sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Ex - Parte 1 - 1ª Namorada - Maria*

*Nomes fictícios, para preservar as identidades das pessoas envolvidas!

Não tive muitas namoradas, por vários motivos!
No entanto, meus relacionamentos foram baseados na qualidade e não na quantidade!
Minha primeira namorada se chamava Maria* e eu a conheci num local onde se disponibilizava oficinas dos mais variados segmentos artísticos e culturais!
Eu fazia oficina de teatro e Maria de dança!
Essas oficinas eram mensais e no mês anterior nós fizemos as mesmas oficinas, só que inversas: eu fiz dança e ela teatro!
Sempre fazíamos mais de uma oficina em horários diferentes!
No intervalo da oficina de teatro para a próxima, tínhamos poucos minutos então me apressei para tomar água e indo em direção ao bebedouro, a Maria subitamente cortou minha frente demonstrando ter mais pressa:

-Licença, licença, licença!
Desculpa, estou com pressa!
-Opa, fique à vontade (falei ironicamente)!
Só não vai se engasgar!!
Dito e feito!Ela se engasgou!
-Credo, que boca maldita!!

Após esse episódio, e por mais algumas semanas, apenas trocávamos olhares de longe!
Pode parecer clichê, mas eu a convidei para sair e ela prontamente aceitou!
Fomos ao cinema e lá rolou o 1º beijo!
Dai por diante, sempre fizemos as mesmas oficinas!
Com 3 meses de namoro, decidimos fazer uma oficina de dança folclórica e de lá, nossos atributos artísticos ultrapassaram os muros da Casa da Linguagem (local onde fazíamos as oficinas).Foi então que nós fomos convidados a fazer parte de um grupo folclórico, e desde então isso nos juntou cada vez mais!Foram 2 anos juntos, sem nenhum problema ou brigas grandes!

Maria era uma garota muito tímida e reservada (por isso ela fazia teatro) e esse jeito não era bem compatível com artistas, que se apresentavam ao público quase todos os finais de semana!Com isso, ela decidiu sair do grupo folclórico!Além disso, seus pais já não estavam gostando disso, pois quando as apresentações terminavam muito tarde(ela morava muito longe), ela passava a noite comigo e ela por ser menor de idade(16 anos), não pegava bem pros pais dela!
Somente eu continuei no grupo, mas sempre que oportunidade permitia, ela ainda continuava a frequentar o grupo, ou nos ensaios ou nas apresentações e viagens!
Quando completamos 2 anos e 1 mês, uma garota novata entrou no grupo e de cara (dizendo ela) se apaixonou por mim!!!
Maria, é claro, percebeu tal aproximação dela comigo e começou a pegar no meu pé!
Isso mesmo!Ela pegava no meu pé:

-Você vive dando confiança pra Raimunda* e ela fica toda assanhada pro seu lado!
-Mas a culpa não é minha!

Nosso coreógrafo, sempre me colocava pra dançar com ela para que eu pudesse deixá-la segura nos passos das danças, já que é muito comum em grupos de dança, que os veteranos ensinem os passos para os novatos, para que estes possam criar segurança na coreografia!
Aí já viu, a Maria endoidou por isso!Chegou, inclusive, a me pedir para que eu me afastasse dela, quando ela não estivesse por perto!Prontamente eu disse NÃO!
Quando viajávamos para outras cidades, e Maria não viajava, ela me ligava de 10 em 10 minutos, só pra perguntar sobre a Raimunda!

Quando retornei de viagem, decidimos conversar e disse que sem confiança, essa relação não poderia dar certo!E não deu certo mesmo!2 anos e 6 meses depois, terminamos nosso namoro!

Maria mal sabia, que a Raimunda viria a ser minha 2ª namorada...


Postar um comentário